Com entrada em operação do Cidade de Itaguaí, iniciamos a produção em Iracema Norte

Novo FPSO ficará ancorado em área com profundidade de 2.200 metros no campo de Lula, pré-sal da Bacia de Santos

Com a entrada em operação, nesta sexta-feira (31/07), da plataforma Cidade de Itaguaí, iniciamos a produção do projeto Iracema Norte, localizada no campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos. a nova plataforma é um FPSO (unidade que produz, armazena e transfere petróleo) que está ancorado em área com profundidade de 2.220 metros, a cerca de 240km da costa. A plataforma tem capacidade para processar, diariamente, até 150 mil barris de petróleo e 8 milhões de m3 de gás, além de armazenar 1,6 milhão de barris de petróleo.

O poço 7-LL-36A-RJS, primeiro interligado à plataforma, tem potencial de produção de 32 mil barris por dia. O petróleo produzido na área de Iracema Norte é de elevada qualidade e de média densidade (30º API) e será escoado por navios aliviadores. O FPSO Cidade de Itaguaí será conectado a oito poços produtores e nove injetores. Nossa previsão é que o pico de produção, de 150 mil barris de petróleo por dia, seja atingido no início de 2017.

A construção e integração de módulos da plataforma, no Brasil, envolveram estaleiros no Rio de Janeiro (Itaguaí e Angra dos Reis) e em São Paulo (São Sebastião).

A área de Iracema Norte está localizada na concessão BM-S-11, operada pela Petrobras (65%), em parceria com a BG E&P Brasil Ltda (25%) e Petrogal Brasil S.A. (10%).

Características técnicas

– Capacidade de produção de petróleo: 150 mil barris por dia
– Capacidade de tratamento de gás natural: 8 milhões de m3 por dia
– Capacidade de armazenamento: 1,6 milhão de barris de petróleo
– Alojamento: 150 pessoas
– Profundidade de água de operação: 2.220 metros

Fonte: Portal Fatos e Dados Petrobras

Deixe uma resposta